Criação de codorna está crescendo

coturniculturaSabe quando você vai a restaurantes onde nos buffet sempre tem aqueles ovinhos pequenos e deliciosos? São ovos de codornas, eu sei disso, mas por mais incrível que pareça tem muitas pessoas que comem sem nem saber disso, apenas comem por achar gosto, mas não tem a mínima ideia do que são e da onde vem.

Não é de hoje que os ovos de codorna agradam aos paladares, mas agora está tendo um crescimento ainda maior, principalmente pela facilidade de encontrar eles  para venda, eu lembro que há 25 anos atrás quando eu era criança eu gostava muito destes ovinhos, mas não era algo que você conseguia comprar no mercado, tinham alguns locais específicos que vendiam, lembro que minha mãe sempre comprava num estabelecimento perto da minha fonoaudióloga, como tinha sessão 1 vez por semana, eu ficava sempre torcendo para que ela parasse lá pra comprar.

Hoje eles estão disponíveis na maioria dos super mercados, até mesmo em pequenos mercadinhos de bairros, ficam junto com os ovos normais e por isto o consumo está aumentando e por consequência a coturnicultura, que é o nome dado para atividade de criação de codorna está em ascensão, tanto com os grandes produtores rurais como com os pequenos.

Mas não é só por isto que esta atividade tem gerado interesse em pessoas que já trabalham com criação de outros tipos de animais, mas sim também porque é algo simples, mais fácil e barato do que a criação de frangos por exemplo, também demanda uma menor área útil para a criação, veja como num pequeno espaço é possível criar várias:

E claro, tem o fator financeiro, a venda dos ovos não é a única forma de renda proveniente das codornas, sua carne também é muito boa para o consumo e por isto é fácil de vender e mais e mais pessoas estão começando a apreciar a carne desta ave, que está deixando o status de carne exótica para algo mais perto do natural.

E você, gosta de ovos de codorna? E da sua carne? Quem sabe um dia ela se torne tão comum como a carne de frango e esteja presente no almoço de todos brasileiros com frequência..

Deixe uma resposta

Nome *
E-mail *
Site